O SITRO é filiado a UGT – UNIÃO GERAL DOS TRABALHADORES

 

Mais dois importantes sindicatos de trabalhadores do Paraná formalizaram filiação à UGT. O SITRO – Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Paraná, criado em 1956 e o SINTRAMOC – Sindicato dos Trabalhadores em Estacionamentos e Lavacars no Estado do Paraná, criado em 1997, desde o dia 7 de julho, integram oficialmente o quadro de filiados da central.

A solenidade, para celebrar a filiação aconteceu na sede esportiva do Novo Mundo Esporte Clube, em Curitiba-PR. Prestigiaram o evento, o presidente da UGT-PARANÁ, Paulo Rossi e diversos membros da diretoria da central, entre eles o secretário para Assuntos Institucionais, Jorge Leonel, do secretário de Formação Sindical, Alvacir Miguel Balthazar, do secretário adjunto de Finanças Rogério Kormann, do secretário para Assuntos Jurídicos, Feliciano Moreira, e o secretário para Trabalhadores no Comércio de Combustíveis, Lairson Sena. Também estiveram no encontro lideranças sindicais e comunitárias de Curitiba e outras cidades do Paraná.

O presidente do SITRO, Moacir Czeck ressaltou a importância do sindicato se filiar a uma central democrática, que agrega diversas correntes de pensamento. “A diretoria do SITRO entendeu que a UGT é a central que mais corresponde aos nossos anseios. Temos uma base com mais de 40 mil trabalhadores no Paraná, e o comportamento da UGT no mundo sindical mostrou-nos o quanto é importante estarmos presentes em todos os momentos da vida dos trabalhadores”.

Por sua vez o presidente do SINTRAMOC, José Paulo Bonfim, lembrando da sua trajetória sindical, citou o companheiro Canindé Pegado, secretário Geral Nacional da UGT, com o qual combateu lado a lado em diversas lutas sindicais. “A filiação à UGT vem num momento decisivo para todos nós, comprometidos com as verdadeiras causas trabalhistas. E a UGT está disponível aos filiados, em todas as lutas sindicais. O SINTRAMOC representa hoje mais de 15 mil trabalhadores no Estado e que receberão total apoio da UGT”, disse Bonfim.

Discursando em nome da direção nacional, o diretor de Assuntos Jurídicos da UGT-PARANÁ e secretário Nacional Adjunto de Assuntos Jurídicos, Feliciano Moreira, falou do momento importante que o movimento sindical está passando. “A filiação desses bravos companheiros à UGT, mostra que precisamos rediscutir o papel político de certos dirigentes e das entidades de segundo grau que comandam. Os sindicatos não podem e não devem ser reféns de políticas nefastas que em nada contribuem para a classe trabalhadora. Posso reafirmar aqui a linha de pensamento da UGT e do nosso presidente nacional Ricardo Patah, que sempre lembra que a UGT nasceu da necessidade de representar os excluídos. Portanto, companheiros e companheiras: contem com a nossa luta!”, concluiu Feliciano.

O presidente da UGT-PARANÁ, Paulo Rossi reafirmou aos presentes a vocação democrática da UGT, onde os filiados têm igual peso de decisão na direção das ações da central. “Ao promover o sindicalismo cidadão, ético e inovador, a UGT avança significativamente nas relações sindicais no Brasil, mostrando que a central é a melhor opção por agregar as lideranças comprometidas com os trabalhadores. A UGT não participa de certos “leilões” a que estamos acostumados a ver por parte de algumas entidades. Nossa proposta está sempre pautada no trabalho e na dedicação em defesa dos interesses dos filiados e da classe trabalhadora. Estão de parabéns os diretores do SITRO e do SINTRAMOC”, destacou Rossi que finalizou seu discurso dando boas-vindas aos mais novos filiados da UGT.

 

Dirigentes da UGT-PARANÁ prestigiaram a oficialização de filiação do SITRO e do SINTRAMOC

 

“A UGT é uma central democrática, que agrega as diversas correntes de pensamento”, destacou o presidente do SITRO, Moacir Czeck.

 

 

 

 Fotos : Mario de Gome